sexta-feira, 21 de setembro de 2007

SANDRA

Ela.
Pequena nuvem de ardores
que entre dores, amores e despudores,
arquiteta a vida
em cores...

10 comentários:

Gustavo Chaves disse...

É o que digo, as coisas da vida também deveriam ser singelas e bonitas como esse poema. Menina, libera esse blog pra FEEDS facilita a leitura...
bjusss

Jens disse...

Oi Florzinha.
Puxa, que legal, que belo.
A Sandrix merece.
(Fiquei com inveja).

sandra camurça disse...

QUE COISA MAIS LINDA!!! O que eu posso dizer mais?!!! Ai ai ai. Faz isso não, mulher...

Dentre um monte de gente também amo você, Acantha, muito e muito mesmo.

Beijos & Beijos muito afetuosos.

Francisco Sobreira disse...

Querida Amiga,
Passei uns dias sem aparecer por aqui. Mas estou bem. Voltei e li os poemas escritos na minha pequena ausência. Dos 3, me agradou mais o "Enigma". Um beijo e um excelente fim de semana.

Fernanda Passos disse...

Uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!
Lindo.
Homenagem mais que merecida!

Beijosss

ACANTHA disse...

Liberado, GUSTAVO, liberado.. Obrigada, Dr.!

ACANTHA disse...

Merece sim JENS. Fique com inveja não, nunca.. Você é meu amorinho, lembra? E sabe as circunstâncias do carinho..

ACANTHA disse...

Diga nada não SANDRA...O Jens já disse que você merece, pronto!

ACANTHA disse...

Bom tê-lo de volta, FRANCISCO!! E grata pelo elogio!

ACANTHA disse...

Ela é ótima, não FERNANDA?? Mas você não fica atrás!