sexta-feira, 23 de novembro de 2007

CASO

E assim me entrego
atormentada
vertendo lava
fêmea no cio..
Corpo umedecido
oscilando
entre a minha
e a tua mão..

18 comentários:

Lado B disse...

...prazer na ponta de cada dedo

Natália Nunes disse...

Isso sim é um texto para se ler numa sexta-feira :)

Ane Brasil disse...

huummm quanta ins-piração!
sorte e saúde pra todos!

Erika disse...

corpo, muito corpo.... e, por fim, alma.

beijo

sandread disse...

Aaaaaaaaai! vou gozar! rsrs.
Adoro sua eroticidade, maninha.

Beijos,
sandra camurça.

acantha disse...

De cada célula talvez, também, 'B'...

ACANTHA disse...

Sextas-feiras sempre prometem, NATÁLIA...

acantha disse...

Ex-piração, ANE...

acantha disse...

Corpo-alma-coração-sensação,ERIKA..

acantha disse...

SANDREAD, a maninha mais cor-exagero que se pode ter...

Ro Druhens disse...

Eu adoro o Miguel Torga!!! Obrigada pela "compreensão", beijos

Francisco Sobreira disse...

Minha amiga, mais um poema de um fino erotismo, diferente de alguns poetas que, ou para chocarem, ou por não terem o seu talento, fazem pornografia julgando ser erotismo. Beijos.

acantha disse...

Linda, RO!

acantha disse...

Você é sempre, sempre gentil e delicado. Adoro isso, FRANCISCO! Obrigada.

adelaide amorim disse...

Tão bonito, menina!
Beijos e mais outros desse aí.

acantha disse...

Eu estava com saudades, ADELAIDE!!

Paulo Bono disse...

tá no ponto.

acantha disse...

PAULO!!!