sexta-feira, 5 de outubro de 2007

HERMÉTICA

Passo pelo mundo como se não fosse,
busco sinais do que fui, se algum dia fui.
Ausente de mim, incapaz do encontro,
vejo nos olhos do espelho as ruínas
que me entranham e desbotam silêncios
vontades, extremos e delírios -
descompassos que enclausuro
nos sentimentos lacrados.

24 comentários:

Gustavo Chaves disse...

Poesia não se comenta, se sente, me absterei deste comentário diante de tamanha beleza!

Natália Nunes disse...

Sou tão teimosa: mesmo sabendo que sou incapaz do encontro, corro atrás de mim - é minha vocação.

ACANTHA disse...

Ah GUSTAVO.. Que palavras mais elogiosas.. Obrigada, meu bem!

ACANTHA disse...

Talvez eu tenha a vocação das grandes fugas, NATÁLIA...

Fernanda Passos disse...

silêncios lacrados e a constante busca...... lindo Acantha.
Sumi por causa do tal do trabalho que me engoliu nessa semana.

beijos.

Jens disse...

Opa! Belo, intenso. Um pouco doloroso também.

Lado B disse...

trem dificil eh encontrar a tal da alma...(mas eh lindo demais ver a dos outros)

sandra camurça disse...

SOLTA A FRANGA, ACANTHA!!!

Belo poema, maninha.
Beijos.

ACANTHA disse...

Bom que voltou, FERNANDA.. Você faz falta neste universo virtual!

ACANTHA disse...

Também se encontra beleza na dor, JENS??

ACANTHA disse...

Daqueles que nos querem mostrá-la, "B" querida...

ACANTHA disse...

Muito, muito bom te ver por aqui, SANDRA!!! Força, Mana. Estou com você!

R.C disse...

Genuina expressao sentimental... O abstrato que se concretiza nas tuas duvidas... Adorei.

bjx

RF

Moacy Cirne disse...

Pois é, Menina, como sói acontecer... acontecendo,
entre silêncios desbotados e sentimentos lacrados. Beijos.

Fernanda Passos disse...

Passando para deixar um beijo querida.
smackkkkkkkkkkk

adelaide amorim disse...

Um excelente poema, Acantha. Ainda não tinha vindo aqui, agora sei o caminho... Beijo.

ACANTHA disse...

Você lê tudo isso no que escrevi, ROY?

ACANTHA disse...

E visitas adoráveis, MOACY...

ACANTHA disse...

Linda, FERNANDA!!! Outro! Venha sempre!!!

ACANTHA disse...

Que surpresa adorável, ADELAIDE! Venha sempre, obrigada! Vou adorar!!!

Francisco Sobreira disse...

É um poema de muita profundidade, não necessariamente hermético, que transpira alma, vida. Assim o vi, cara amiga. Beijos.

Fernanda Passos disse...

Passando pra deixar outro beijo querida. Mande notícias.

ACANTHA disse...

Você é sempre tão encantador, FRANCISCO... Muito doce! Obrigada!

ACANTHA disse...

Me aguarde, FERNANDA!!!