quarta-feira, 22 de agosto de 2007

ESPECTROS

Vozes esmaecidas sussurram na varanda opaca,
dizendo dos quintais onde me perdi antigamente...
Lembranças de tias e de dores,
lumeeiros, catacumba, assombração...

Ter vivido aqueles dias mornos -
limonada na janela, vislumbres,
ventanias e ciprestes -
me reduzem ao que sou:
errante e vã, perdida em tempo estranho.

2 comentários:

Jens disse...

Tá, vou me repetir: lindo e singelo.

ACANTHA disse...

Também vou me repetir, JENS: você é adorável!!!!