sábado, 28 de abril de 2007

TIRO CERTO

(Meu alvo,
mau alvo,
só encontra direção
na solidão...)

4 comentários:

sandra camurça disse...

AHAA! SUA DANADINHA. Não falei que você tinha veia poética.
MARAVILHOSO!!! QUERO MAIS! QUERO MAIS!

BEIJOS BOÊMIOS!

sandra camurça disse...

Ahaa! Eu sabia: tu escreveste esse poema no comentário do meu poema Volúvel. Parabéns, bravo! Já sou fã!

Beijos!
Vamos publicar um livro juntas? ;)

ACANTHA disse...

Combinadíssimo, SANDRA... Você escreve, eu reviso e vendo, tá???

ACANTHA disse...

Por isso ele está entre parênteses, SANDRA. A postagem original foi no REFÚGIO...